Beneficiários de planos crescem 2,8% em 12 meses

Levantamento da FenaSaúde considera números da ANS entre setembro de 2013 e 2014. Expectativa é de crescimento ainda maior no acumulado deste ano

 

Um levantamento da Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde), com base em dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), aponta que, no acumulado de 12 meses entre setembro de 2013 e deste ano, a expansão do número de beneficiários de planos médicos foi de 2,8%. Isso significa 50,6 milhões de vidas.

 

Os planos exclusivamente odontológicos seguiram a tendência de crescimento com aumento de 7,0%, alcançando 21,3 milhões de beneficiários no País.

 

Marcio Coriolano, presidente da FenaSaúde, espera que o setor de saúde suplementar encerre 2014 com alta de 3,5% no número de beneficiários, apesar do baixo crescimento econômico. Para o executivo, o resultado é reflexo da estabilidade dos níveis de emprego e aumento da renda do brasileiro.

 

A região Centro-Oeste foi a que apresentou maior crescimento no número de beneficiários de planos de assistência médica no período, registrando 8,2% de alta, com total de 2,8 milhões de beneficiários. O crescimento de beneficiários de planos exclusivamente odontológicos foi mais intenso na região Norte, com aumento de 16%, abrangendo um milhão vidas.